3.31.2006

Prontxinho!

E já está feitinho! O segundo porta-moedas de uma colecção que promete ser muito primaveril! Ando cá com umas ideias....

3.29.2006

Futuro porta-moedas!



Ainda não está prontinho, mas pouco falta! É só pôr mais um bocadinho de adubo e amanhã já estará adulto :)

Espero que gostem!

3.28.2006

Purpurinas?! Vou já contar à Bé!!

Em primeiro lugar é melhor que vos diga que não vou falar de purpurinas e, muito menos, conheço a Bé (ou se calhar até conheço..... tenho uma prima pequena que chama Bé à minha mãe que se chama São...).

Só achei que era um título engraçado para passar a mensagem. É que no domingo fui ver um espectáculo de dança contemporânea na Voz do Operário, espectáculo este concebido por duas jovens dançarinas, uma delas irmã de uma amiga minha. Apenas queria dar os PARABÉNS!!!!! e dizer para terem todos os olhos postos nos cartazes culturais porque elas andam aí e ainda têm muito para mostrar :)

Obrigada por me terem feito passar um domingo produtivo!

P.S. - Ahhh e para se acabar o domingo em beleza aconselha-se desde já uma paragem na máquina de fotos da estação de metro Baixa-Chiado, onde, por apenas 2 €, podem tirar 16 fotos tipo passe com as vossas caretas mais engraçadas! Agora resta saber a quem distribuir as fotos não é Diana e Filipe?

3.27.2006

Mais uma bolsinha para telemóvel


Esta tem outra cor e mais umas ligeiras diferenças e já tinha dona ainda antes de nascer :)
O próximo desafio é fazer uma - noutro tecido...talvez ganga - para o meu querido primo (de apensas 12 primaveras), com um símbolo de uma marca de roupa. Vá lá que o símbolo é muito engraçado... O rapaz tem bom gosto... Também com a marca genética que tem outra coisa não seria de esperar ;)

Hmmmmmm...

Ia eu toda feliz e contente rua fora comendo as minhas bolachinhas Chipmix (passa publicidade), quando comecei a pensar no seguinte... Comer qualquer tipo de doce, especialmente chocolate, na rua, à vista de toda a gente, é um acto quase que amoral... Como se o prazer não se devesse demonstrar assim tão explicitamente... Ou serei eu que ponho um ar demasiado satisfeito quando como doces?
Deparei-me com esta reflexão sociológica, ou será melhor gastronómica?, uma vez que já por várias vezes reparei no olhar algo invejoso, algo reprovador, dos imensos trauseuntes cinzentões que por aí andam... Ah! E também me esqueci do olhar algo luxurioso dos senhores, que pelos vistos acham uma certa graça ao meu despreconceituoso modo saborear...lol

Será que sou eu que tenho a mania da perseguição ou já aconteceu a mais alguém?

3.23.2006

Coisinhas da mamã


Pois é! O bichinho pega-se e a minha "madrecita", que estava numa maré de preguicite artística, também anda toda virada para as artes. Vai daí deu-lhe o entusiasmo para a decoupage aplicada em tecido... E pronto aqui vai um cheirinho de uma das peças :)


(Agora só falta engendrar uma assinatura artística...)

Já está!

E aqui está a primeira bolsinha para telemóveis (dos dobráveis pequenitos.. ainda vou fazer para os maiores).

E agora, como ando a deixar isto um bocadinho de parte com os feltros vou fazer mais uns brincos e pregadeiras, para ver se consigo ter material para levar à feira da Praça de Londres, já que gostava muito de me estrear numa feirinha.



Quase a ser uma bolsinha para telemóvel


Falta pouco para ficar pronta. Só não continuei mais porque tenho de me deitar e se me entusiasmo lá vão as horinhas de sono que eu tanto estimo. Amanhã já vai ficar prontinha e com mais pormenores :)

3.22.2006

O drama... O horror!


Acabei de chegar de mais uma experiência altamente traumatizante do meu dia-a-dia: a voltinha com a tresloucada da minha cadela! Vê pessoas: ladra; vê pássaros: ladra; vê cães: LADRA!; vê gatos: quer esfolá-los vivos. E neste embróglio (?) todo vou eu de cabelos ao vento, cachecol a voar, praticamente arrastada e ainda tenho de pôr um sorrisinho do género "coitadinha está na flor da idade... entusiasma-se com muita facilidade..."
Que terrorista!

3.21.2006

Ainda está quentinha.. Bolsinha #2



Mais uma! Vou lançada :) Espero que gostem!

3.20.2006

Nem só de desgraças estomacais foi feito o fim-de-semana

Combinei com a minha querida avó materna fazermos uma incursão pelo sotão da casa, que neste momento só é mesmo habitado por aranhas e afins, para eu escolher restos de tecidos que tentarei transformar nalguma coisa.
E eis senão quando eles aparecem aos montes e não páram de crescer! Foi uma tarde muito produtiva, daquelas que só conseguimos passar com as nossas avós. Cada pedaçinho de tecido tem uma história, uma identidade da qual só elas se conseguem lembrar...


Agora é deixar a criatividade vir ao de cima e tentar fazer coisinhas bonitas e diferentes! Ui tou cheia de ideias :)

3.19.2006

Crónicas de um fim-de-semana gastronómico

Antes de mais, é melhor explicar como se estrutura a minha família.. Basicamente, as minhas avós paterna e materna são irmãs.. Pois é! O que é que isto quer dizer? Que os meus pais são primos (ora aí está a razão da minha personalidade algo desviante.. a co-sanguinidade), e, por consequência são meus primos também.. Mas isto não pára aqui.. Todos os meus tios são meus primos. Resultado: não há divisões entre famílias uma vez que faz tudo parte do mesmo saco, e nesse mesmo saco está o gosto pelo convívio familiar, pelo petisco e pelas conversas cruzadas.. Parecemos aquelas famílias tipo máfia italiana, em que falam todos ao mesmo tempo sentados numa grande mesa cheia de comida.

Este foi um desses fins-de-semana em famíla.

Sexta: Destino Abrantes, onde vive a minha avó materna. Logo à chegada pãozinho acabadinho de fazer com manteiga derretida, seguido por umas filhózes feitas na hora. Quem é que come pouco nesta situação? Eu obviamente que não, e por isso mesmo jantar já nem vê-lo..

Sábado: Ainda em Abrantes. Almoço passou-se bem.. Antes do jantar com os meus tios vem o chouriço assado com pão caseiro. O jantar também se passa bem, mas nas sobremesas estas boas intenções caem por terra...Arroz Doce e Tarte de Maçã que eu fui comendo quase até às 2 da manhã. Muuuito saudável!

Domingo: Dia do Pai. Almoço já em Almada na casa dos meus avós paternos. Primeiro momento passa-se bem até chegar A sobremesa.. Mousse de Chocolate caseira.. E pronto, caldo entornado. Tive de convalescer no sofá até que dizem "vamos fazer chá". Ai que bom um cházinho vem sempre a calhar pra desenjoar... "E já agora vamos por a entremeada e as febras a grelhar". Comem-se as febras, come-se o pão, e lá está ainda a mousse a olhar pra mim. "Hmmm um bocadinho só não faz mal..."

Conclusão: A esta hora da noite ainda estou inchadíssima e muito muito enjoada :/

3.17.2006

Bolsinha #1


E é mais uma vez ao som de Sara Tavares-Balancê que eu venho postar a bolsinha que foi terminada já tarde e a más horas.. Pois claro começo a fazer as coisas depois de jantar é nisto que dá.. Espero que gostem!
Só uma coisa.. é normal à uma e tal da manhã estar a dançar descalça no meio do quarto? O que esta música me faz :) "Adoro quando te deixas levar assim.. Fechas os olhos e danças só para mim..."

3.15.2006

Porta-canetas/óculos #2!



Aii ando cá com uma pica para estas coisinhas.. Agora que lhe comecei a ganhar o jeito, ando sempre a pensar em novas formas de conciliar feltro e arame (o meu amor de estimação). Resultado: passo o dia todo com um disco riscado na minha cabeça.."artesanato, artesanato, artesanato...", para além de chegar a casa e durante a noite toca a trabalhar debaixo de uma luz de treta, ao mesmo tempo que tento prestar atenção ao que vai dando na tv. Não há-de o meu cérebro fazer curto-circuito... :)

3.11.2006

1ª Experiência com feltro

Pois bem comecei a visitar tantos sites com coisas super originais em feltro que decidi experimentar por mim mesma, sem querer fazer imitações. Assim, comecei por um porta-canetas ou porta-óculos e puf! aqui está ela acabadinha de fazer :) Sinceramente estou orgulhosa cof cof :)

3.10.2006

Ai que nerrrrrrrrrrrrrrvos!

Cada vez tenho menos paciência para programas pseudo-politicamente-correctos-vamos-ser-todos-muito-bonitos-e-fofos. Vejo o Festival da Canção e dá-me vontade de construir uma bomba artesanal e dar cabo daquele estúdio para que parem de fazer publicidade a um festival que cada vez mais se distingue por premiar o pimba e aquelas canções que não se suportam ouvir mais de uma vez sem se ficar com dores de barriga.
Estou farta do rosa-shocking, do barato, das meninas-barbie, do brilho, das canções tão curtas que parecem slogans, da cultura do medíocre..
Acabei de suportar a 1ª parte deste Festival e sinceramente.. apenas um conselho.. parem de gastar dinheiro dos contribuintes nisto por favor.. Fala-se do espírito nacional, de levar a bandeira de Portugal mais além.. e como é que isto se faz através da música? Repete-se a palavra Portugal umas quantas vezes enquanto se vai fazendo uma coreografia desnecessária e eureka! grande música.. grande patriotismo.. ufa! que exigiu um esforço tremendo.. Oh meu deus!! Que nervos!!

Pregadeira Abstracta

PR014 (Indisponível)

3.09.2006

3.08.2006

E mais dois brinquinhos aqui vão

B019 (Indisponívies)

B020 (Indisponíveis)

Bem e depois de um fim-de-semana de nada produzir começo a semana cheiinha de ideias para os meus brincos e para as minhas pregadeiras! Espero não me deixar vencer pelo sofá e toda a inércia que ele implica :)

3.02.2006

1, 2.. experiência

Com a entrada no novo mês, decidi-me a tentar fazer coisas novas e diferentes e, claro, onde continuasse a usar os meus bem amados arames.. E daí que xaram! Lembrei-me de bolsinhas, daí lembrei-me de pintura em tecido, daí lembrei-me de fazer aplicações de figuras em arame no próprio tecido e saiu isto! Que ainda está inacabado, uma vez que tenho de coser um fecho eclair e o arame. Enfim.. Quero ver o produto final.. É que eu e a máquina de costura costumamos falar dialectos diferentes..



Apenas um cheirinho... :)