5.17.2006

Manias, manias e mais manias...

Bem, respondendo ao convite dessa grande dupla Oficinas Ranha (Rita e Ana Cristina), aqui vou eu tentar enumerar apenas cinco das minhas manias. Obviamente que neste primeiro impacto estou com uma branca total. Isto até me lembrar de alguma... A partir daí ninguém me segura... Ainda bem que são só cinco!

  • Eu, como apreciadora nata de gastronomia, já me apercebi que, inconscientemente desenvolvi rituais enquanto como certas iguarias. O exemplo que fascina muita gente é a minha maneira de comer ferrero rocher: 1º a capa de chocolate, 2º a capa de bolacha, e 3º lambe-se o chocolatito com a avelã. Ah! Mas tudo isto tem de ser feito com muita precisão e lentamente. Ah! E outra fantástica! Ovos estrelados: vai-se comendo a parte da clara juntamente com o resto da comida e quando o prato já está vazio mete-se a gema inteira dentro da boca e bum! ela explode lá dentro... Tão bom...

  • Estar constantemente a cantarolar ou, em situações mais privadas, cantar como se de um concerto se tratasse. A juntar a isto está o facto de ter sempre uma banda sonora na minha cabeça, tipo Ally Macbeal... Ah! E cada vez que cozinho tenho de pôr música para ir dançando ao som dos tachos e das panelas.

  • Quando estou em sítios com um ambiente muito sério fico com vontade de rir. Pior ainda é que, em vez de tentar entrar em sintonia com a seriedade, começo a lembrar-me de coisas ridículas que já me aconteceram e basicamente vou-me torturando física e mentalmente.

  • Todas as noites, antes de adormecer, penso no que vou vestir no dia seguinte. Imagino a toillete, complementando com acessórios e penteado. E todas as manhãs acordo atrasada, saio da cama "alienada", penso sempre que não sei o que vou vestir, e nunca visto o que tinha imaginado.

  • Querem teorias? Venham ter comigo! Consigo sempre arranjar teorias para os temas mais ridículos e inutéis que vão surgindo ao longo do dia. Depois o tamanho da teoria varia conforme a importância e a inutilidade do assunto. Quanto mais inutil, melhor.

Ai ai... Já me estava a lembrar de tanta coisa... Eu realmente devia começar a tomar uns comprimidozinhos... lol Assim sendo, vou passar o testemunho à menina da Mini-Saia (Alice), à Espiral em Flor (Bela Dina) e à Miúda Eléctrica (Sara).

4 comments:

  1. És divertida, Inês, tenho a certeza absoluta que vou gostar de ti... até porque a gema do ovo tem um sabor único e quem aprecia gastronomia só pode ser uma boa pessoa... por outro lado, cantar e dançar é óptimo e só traz felicidade... estou de acordo que em quase todas as ocasiões que se exija seriedade é mesmo para rir... de teorias nem vale a pena falar e de desorganização também não...!
    Adorei! Beijinhos da
    Rita

    ReplyDelete
  2. Amiga, agradeço a proposta, mas terá que ficar para um futuro blog, em que seja a lice a falar na primeira pessoa, e não em nome da mini-saia!
    Espero que compreendas e obrigada na mesma!

    Beijinhos.

    ReplyDelete
  3. Diana5:17 PM

    Ai rapariga, acredita que não estás sozinha no mundo com as tuas manias, por isso avisa-me quando começares a tomar os comprimidos para eu começar o tratamento ao mesmo tempo :-)
    Também tenho a peculiaridade de comer o ferrero rocher como tu e a questão da gema também me deliciava quando era pequena e as gemas ainda se faziam fofinhas e sumarentas (agora, só como as da faculdade: queimadas e ressequidas... blergh!). Quanto a rires-te nos piores momentos, não era muito dada a isso, mas a partir do momento em que me comecei a dar com a Sara, é impossível não acontecer isso. Atenção especialmente aos elevadores! São do pior!
    Estou a gostar muito do teu blog! Não venho todos os dias, mas quando venho penso sempre inevitavelmente em quanto dinheiro tenho no meu mealheiro e se será possível cometer uma loucura, tipo começar a ir a nado para a faculdade para gastar o dinheiro do passe nas tuas maravilhosas criações!
    Beijocas grandes!

    ReplyDelete
  4. Foi dificil responder ao teu desafio... mas foi engraçado tentar perceber as 'minhas manias'. Passa lá para as leres! A principio não saía nada e depois lembrava-me de tantas! Obrigado Inês e olha que quanto à clara do ovo és cá das minhas!!!

    ReplyDelete

Obrigada pelo comentário! Thanks for your comment!