6.23.2008


Há dias em que temos ideias extremamente boas. No dia em que resolvi experimentar pintar uma pulseira com os motivos dos Lenços dos Namorados, fiquei muito contente pelo resultado e curiosa para saber a reacção.
Posso dizer, com muito orgulho, que as pulseiras têm sido um sucesso e, como tal, chegaram ao primeiro lugar das preferências. Para melhor celebrar este facto, abro aqui uma porta de generosidade artística: até ao fim deste mês, fico à espera dos vossos comentários a este post. Depois, vou sortear 3 pessoas que receberão uma pulseira de presente!
Inundem este post de comentários :)
........

There are days when we have extremely good ideas. The day I tried to hand-paint a bracelet with the "Love Handkerchiefs" motifs, I was very happy with the outcome and curious to know people's reactions to it.
Now, I can proudly say that these bracelets are a success and got to the top favourites. So, till the end of this month, I will be waiting for your comments to this post. Then, I will offer a bracelet to three people randomly chose.
So flood this post with lots of comments :)

17 comments:

  1. olifante.blogs.sapo.pt11:57 PM

    Oi Inês, venho candidatar-me a uma pulseira! Sou fã das tuas pulseiras, gosto de todas, mas a minha com uns lindos elefantes e estas dos lenços dos namorados são as minhas preferidas! Acho os lenços dos namorados lindissimos e tu recria-los muito bem! Gosto imenso daqueles versinhos, com uma escrita simples mas apaixonada!
    Beijokas

    ReplyDelete
  2. Bem...nunca fui muito de palavras... eu é mais bonecos!:) mas aqui vai...cof cof... diz-se que os tempos evoluem e a tecnologia nos esmaga! Nos tempos que correm as referências ao passado são cada vez mais uma constante, porque no fundo as nossas raizes têem de ser preservadas e devem continuar a ser mostradas ao mundo! Não sou do tempo dos lenços dos namorados, mas sou uma pessoa de coração, de amor, de sentimentos, de saudades...e a nossa tradição é bem representada naqueles pequenos lenços... cheios de amor... de cor... de alegrias...e até de saudades...de Bem...nunca fui muito de palavras... eu é mais bonecos!:) mas aqui vai...cof cof... diz-se que os tempos evoluem e a tecnologia nos esmaga! Nos tempos que correm as referências ao passado são cada vez mais uma constante, porque no fundo as nossas raizes têem de ser preservadas e devem continuar a ser mostradas ao mundo! Não sou do tempo dos lenços dos namorados, mas sou uma pessoa de coração, de amor, de sentimentos, de saudades...e a nossa tradição é bem representada naqueles pequenos lenços... cheios de amor... de cor... de alegrias...e até de sofrimentos e saudades... enfim... apesar de tudo, cheio de coisas boas! Tenho que aproveitar este espaço para agradecer à Inês por nos trazer ao pulso estas referências da nossa terra...que apesar de muitos de defeitos é nossa! E os parabéns por fazê-lo tão bem! :) Lanço um desafio... e uma pregadeira em tom de lenços dos namorados? assim mesmo juntinho ao coração? :)
    Beijinho grande e muitos sucessos, ou antes, a continuação de muitos sucessos!!!

    ReplyDelete
  3. Olá Aramar! Parabéns por todos os teus trabalhos, pois cada um é mais lindo que o outro! No entanto para mim, são as tuas pulseiras que melhor demonstram o teu talento artistico e bom gosto nas cores e temas que escolhes!
    Se alguma das 3 pulseiras que vais sortear vier ter à minha porta, será muito bem vinda e usada com orgulho!! eheheheh

    Bjs e boas criações!
    Sandra

    ReplyDelete
  4. enganei-me no meu post!!!:S sorry! se quiseres apaga e eu escrevo outro como deve de ser!!! :| como eu disse... eu sou mais bonecos! e bolos!!!:)))

    ReplyDelete
  5. Olá Inês venho tambem candidatar a uma pulseirinha maravilhosa cheia de cor e talento. Conheci o teu trabalho no espaço anthorp em coimbra e adorei comprei logo um anel lindo como todos os teus outros trabalhos mas, se não for umas das surtiadas não há problema porque agora sei onde posso adquirir os teus trabalhos e por uma boa obra vale apena tudo.Desde o dia que conheci o teu trabalho coloquei o teu blog como preferidos para estar sempre actualizada das tuas novas obras. beijocas e continua a surpreender com os teus trabalhos maravilhosos.

    Vera Estrela

    ReplyDelete
  6. :) claro que as tuas pulseiras são um sucesso e especialmente este, pela delicadeza dos desenhos, pelo bom gosto das cores e dos motivos, pelo teu fabuloso trabalho de ourives :))) muita minúcia e precisão e claro está um toque qb de romantismo :)))

    abraços grandes!
    ana

    ReplyDelete
  7. ares de gato9:59 AM

    Bom dia Inês

    Sim, tens razão: estas pulseiras são realmente extraordinárias!! Conjugam bem esta ideia do artesanato moderno. Tradição e inovação ao mesmo tempo...

    Beijocas

    ReplyDelete
  8. Confesso que a pintura de pulseiras requer bastante coragem e determinação. Eu já tentei e pode-se dizer que foi um desaste! Costuma dizer-se, que quem nasce para os dois e quinhentos nunca chega aos cinco tostões!:) como disse antes, eu é mais bolos!:) Aventurar num caminho destes é de valente! E de certeza com muita paixão no coração! Não só a recriação dos lenços dos namorados, como em todas as peças (inclusivé no nome do logotipo Ar(amar)) o cunho está lá! É interessante ires buscar às tradições elementos caracterizadores e dar-lhes vida num tempo actual. As tua peças transmitem um conjunto de sentimentos e muita perfeição! Eu gosto MUITO! As pulseiras que comprei são todas cobiçadas e elogiadas e só se pode dizer duas coisas: PARABÉNS e CONTINUA a dar cor aos nossos braços! :)

    ReplyDelete
  9. A Inês é uma artista
    Que sabe como agradar
    Começou com o arame
    A sua arte de aramar

    Depois pegou num pincel
    E deu cor à sua imaginação
    As pulseiras ficam lindas
    Seja com um gato ou um coração

    Posto isto vou-me embora
    Que já não há muito a dizer
    Vou lutar por esta oferta
    Disso podem vocês crer!

    O meu braço anda nu
    E muito gostava de o pôr lindo
    Fico à espera da pulseira
    Adeusinho que vou indo

    ReplyDelete
  10. Gostei de ver que há muitas pessoas que gostam das suas artes. Então esta que vai ficar a cima de mim está espetacular sim senhora mereçe a pulseira escreveu bem e disse tudo com classe. Parabens tanto para a bricar as coisas, como para a Inês.
    beijos
    Vera Estrela

    ReplyDelete
  11. Para ser sincera, já nem me recordo como cheguei ao teu blog...mas recordo-me que assim que o vi me apixonei pelos teus trabalhos, corri a guaradá-lo nos meus favoritos e as horas seguintes foram passadas a esmioçar todo o seu conteúdo :))
    Fiquei "boquiaberta" com tanta inspiração, cor, brilho, beleza e delicadeza exposta em cada trabalho!
    E as pulseiras?!!
    Ai, ai...foi taão dificil escolher e logo no dia quiz saber quando as poderia ter...
    A dos namorados a eleita, mas uma era insuficiente, todas seria o ideal :)
    (mas como haveria de ser?!)
    Então escolhi duas: uma castanhinha bem floridinha e uma muito apaixonada:) que espero estejam a "biajar nas azas de um pombo curreio prós bracinhos da sua amada nova dona".

    beijinhus a todas pelo vosso trabalhinho que me enche a alma de felicidade quando visito os vossos cantinhus ...

    ReplyDelete
  12. Era uma vez uma miúda
    Que muito gostava de inventar
    Passo a passo foi evoluindo
    Até descobrir a arte de aramar!

    Dos alicates para os pincéis
    Não demorou muito a passar
    Lindas obras lhe saem das mãos
    Viva a arte de pincelar!

    Parabéns Inês! Estas pulseiras são verdadeiras obras de arte. Descobri o seu blog por mero acaso e fiquei rendida! Continue a criar e a mostrar ao mundo como se transforma uma peça tão básica, como uma simples pulseira de madeira em bruto, num objecto de adorno de tamanha beleza e exclusividade. Continue as suas artes (a de aramar e a de pincelar)! Muito sucesso!!!
    Um beijinho,
    Sandra Sousa

    ReplyDelete
  13. Quando inocente, gentil, inexperiente..
    Ouvi comentários de “valor... com condição”, desse, daquele e do outro com o poder em questão
    Ergui nos punhos meu ninho: concreto, madeira, pintura como tu
    Mas quase nada tinha na mão
    Quando tocou-me, enfim, o amor da vida,
    Havia tanto passado!
    Estou enamorada e a tua pulseira me faz grande!

    ReplyDelete
  14. Já te disse pessoalmente e escrevo aqui:
    OS TEUS TRABALHOS SÃO LINDOS! Tens umas~mãos de fada...Mas não és só tu, pois a tua mãe tambem faz uns rissois de camarão! ui ui! heehhe

    Esta pulseira e a do mocho são as minhas preferidas.

    Continua sempre com alto astral=0)

    ReplyDelete
  15. Sabes, por incrível que pareça, fizste-me acreditar [de novo] no amor, na alegria em partilhar, na beleza que as coisas simples têm.
    Já gritei ao mundo que as tuas pulseiras são magníficas e gritarei mais até ficar sem voz, porque tu, menina sardenta, tens muito talento e fazes-me sentir bonita, vaidosa e cheia de orgulho.

    Bem hajas!

    ReplyDelete
  16. Anonymous12:20 AM

    Categorizo-me como uma pessoa extremamente indecisa e, no instante último da decisão, acabo sempre por dizer: “São todas(os) muito originais, muito bonitas(os) (e demais adjectivos “enaltecedores” da coisa em si), mas acho que ficaria melhor numa pessoa mais ‘modernaça’ que eu”!! Resumindo e confundindo, não me decido por nada.

    Isto para dizer que, todos os teus trabalhos em geral, mas as pulseiras em particular, despertaram em mim um lado mais decidido, até já andava a pensar em enviar-te um mail para te encomendar uma (para começar, claro está :D), e eis que surge a hipótese d’oiro…

    Num tom romântico, quase como que a guitarra que embala o fado dos lenços dos namorados, Miguel Esteves Cardoso assim cantaria: “A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível. (…) O resultado é que as pessoas, em vez de se apaixonarem de verdade, ficam "praticamente" apaixonadas. (…) Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. (…) Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos.”

    Submergiu-se-me à memória este famoso texto quando vi os lenços dos namoradas a la Inês, já que há, como já alguém referiu, um casamento perfeito entre o tradicional e a ‘modernice’ da arte (afinal há coisas que mudam para melhor), tal como marca um contraste entre o amor vivido na época em que surgiram os lenços e o ‘d’agora’. Nesta guerra de épocas e gerações, o amor que era vivido desmedidamente já perdeu uma batalha com o amor que é na medida do possível, mas ninguém disse que a guerra está perdida!
    Vá-se lá entender, até se bordava em lenços para se conquistar!! O “ora chega chega cá a agulha” já era, agora é mais uma de “ora chega chega cá o pincel” e a tua imaginação faz o resto eheheh.

    Continuarei atenta a novos temas, sejam eles tradicionais, de cores mais africanas, ou light (‘ólh’a maçã!), enfim… continua a surpreender-nos com o teu talento!

    Fica bem.
    Feliz

    ReplyDelete
  17. Anonymous11:34 PM

    Olá, Inês!
    Sou romena, mas penso que sou meia portuguesa, até porque gosto bastante da cultura e tradição portuguesa. Devido a um trabalho para o meu curso, tive conhecimento da historia dos lenços dos namorados, e devo confessar que fiquei completamnete rendida a esse grande valor e patrimonio portugues.
    Foi amor à primeira vista, rendi-me completamente, e quando vi essa pulseira, bem, nem conseguia fechar a boca de tanta admiração Acho uma tradição linda, e devido a pessoas como si, Inês, outras e outras pessoas vão continuar a paixonar-se pelo moderno com toque tradicional especial.
    Eu sei que estou muito em cima da hora, mas tenho a apresentação do meu trabalho já na sextaa, e dava tudo para ter uma pulseira dessa para apresentar e mostrar como é possivél viver a tradição mais antiga na atualidade. Acha que é possivel arranjar-me uma pulseira dessas até lá? Eu sou de Lisboa, portanto, a entrega talvez podia ser feita em mão.
    É mesmo muito importante para mim....
    Espero uma resposta sua o mais breve possivel para o e-mail: p_d_k007@yahoo.com
    Muito grata, e mais uma vez, parabéns!
    Que continua a mostrar o seu talento ao mundo para sempre.

    ReplyDelete

Obrigada pelo comentário! Thanks for your comment!