4.11.2010

Dias assim/ Days like this

Há dias em que penso ser uma das personagens de um qualquer filme de Woody Allen. Tudo e nada acontecem precisamente no mesmo dia. Inscrevi-me para feira do costume (a minha primeira este ano). Esta manhã ouvi o despertador, desliguei-o, adormeci e acordei muito para além da hora que queria. Disse muitos palavrões, arrumei mais umas coisas que precisava de levar e colocar no carro, e continuei a praguejar. Tomei o pequeno-almoço, meti-me no carro, e, sim, continuei a praguejar, mas baixinho... só para mim. Cheguei ao local da feira e andei à procura de um lugar de estacionamento minimamente bom para descarregar as minhas coisas. Fiz isto durante duas horas. Sim, duas horas. E só fui salva pela música dos anos 70 que estava a tocar na rádio. Até que me vim embora e sinto que fui atropelada por um camião.

E se eu vos disser que a viagem até Abrantes demora cerca de 1h30 isto ainda parece mais ridículo.

There's days when I feel I'm channeling a character from a Woody Allen movie. Everything and anything happens precisely in the same day. So, I signed in for the usual crafts fair (my first of the year). This morning I heard the alarm clock, turned it off, fell back to sleep and woke up way beyond the intended hour. I cursed a lot, packed up a few more things I needed to take and put in the car, and I kept on cursing, but quietly... just to myself. I got to fair site and I tried to fing a good parking space for me to unload my things. I did this for two hour. Yes, two hole hours. And the only thing that saved me from madness was the 70's music playing on the radio. Until I came back home and now I feel like I was hit by a truck.

1 comment:

  1. Olá!
    Estamos realizando um concurso beneficente para quem e craft para as mamães do Rio de Janeiro. Passa no www.porongasonline.com e da uma olhada!
    Beijos!!!

    ReplyDelete

Obrigada pelo comentário! Thanks for your comment!