2.25.2011

not so lucky


Tirar fotografias com uma máquina analógica é como jogar na lotaria. Podemos ter mais, menos, ou nenhuma sorte. Por vezes tiramos fotografias completamente ao acaso, sem grandes preocupações com ângulos e variações de luz, e os resultados são uma feliz surpresa. Outras vezes, achamos que o ambiente está mais do que controlado e que as fotografias vão sair óptimas, e é um desastre. O melhor mesmo é não ter grandes expectativas. O que sair, saiu.

Estas três fotografias foram as únicas reveladas de um rolo de 24 de 400 asa  e foram as únicas tiradas no exterior. As restantes tinham sido tiradas dentro de casa, durante um dia em família, e desapareceram porque a luz era pouca para um rolo desta exposição. Agora terei de esperar por uma próxima reunião familiar para voltar a tentar a minha sorte!

Taking pictures with an analogue camera is the equivalent of playing the lottery. We can have more, less or no luck. Sometimes we take photos completely at random, without major concerns with angles or light variations, and the results are a happy surprise. Other times, we think the environment is way under control and that the photos will look great, and it is a big disaster. The good thing is not having big expectations. What comes out, comes out.

These three photos were the only ones developed out of a 24 roll of film at 400 iso and they were the only ones taken outdoors. The rest of them had been taken indoors, during a day spent with the family, and they vanished because the light wasn't enough for this exposure. Now I'll have to wait for another family reunion and try my luck again!

No comments:

Post a Comment

Obrigada pelo comentário! Thanks for your comment!