10.04.2011

Summer memories in film photos, part i


Domingo passado encontrei um saco cheio de pequenos álbuns de fotografias (lembram-se dos álbuns que vinham juntamente com as fotografias reveladas?). Entre eles, lá estavam três álbuns com as poucas fotografias que tirei durante uma das melhores viagens da minha vida. Tinha 13 anos, e, durante as férias de Verão, passei duas semanas num colégio em Inglaterra. Estilo campo de férias para aperfeiçoar o inglês, onde estudar inglês acaba por ser a última das nossas prioridades. De manhã estudava-se o inglês (com um professor lindo de morrer, que aumentou - em muito! - a minha motivação) e à tarde tínhamos diversas actividades extra-curriculares (eu escolhi equitação), para além de fazermos várias viagens de estudo (que me lembre, fomos a Bath, Oxford, Windsor, e Londres).

Lembro-me dos pequenos-almoços à inglesa (na primeira semana detestei, na segunda semana devorei), dos dormitórios para raparigas e rapazes, de ouvir tantas outras línguas diferentes, de acordar às 7 da manhã com uma batida na porta do quarto, de ver rapazes giros, de fazer amizade com uma rapariga polaca que andava sempre de gravador na mão, de rir incessantemente.

Last sunday I found a bag filled with little photo albums (remember those albums that came with the developped photos?). Among them, I found three albums with the few photos I took while on one of the best trips of my life. I was 13 and, during the Summer vacations, I spent two weeks in a college in England. Like a summer camp to perfect our english, where learning english ends up being the last of our priorities. In the mornings we studied english (with a gorgeaus teacher that - really! - boosted my motivation) and in the afternoons we had several other activities (I chose horse riding), besides making many field trips (that I can remember, we went to Bath, Oxford, Windsor, and London).

I remember the english breakfasts (the first week I hated it, the second week I devoured it), the boys and girls dorms, hearing so many different languages, waking up at 7 a.m. with a knock on the door of my bedroom, seeing cute boys, being friends with a polish girl that always carried a recorder everywhere she went, and laughing endlessly.   

No comments:

Post a Comment

Obrigada pelo comentário! Thanks for your comment!